Donatella Versace recentemente se juntou às críticas feitas por sua família a American Crime Story, mas ela nem sempre se sentiu assim em relação ao projeto – por exemplo, ela aprovou a escolha de Penélope Cruz para interpretá-la.

“Quando Ryan [Murphy] me ligou oferecendo o projeto, eu disse: ‘Isso é muito interessante, mas você sabe que eu preciso ligar para Donatella e ver o que ela acha’. E então tivemos uma conversa de uma hora sobre isso”, diz Cruz à People.

“Eu não posso dizer tudo o que ela me falou, é claro, mas ela é uma pessoa muito amorosa, e eu espero que meu carinho por ela possa ser visto na série. Espero que ela assista e veja que a respeitamos muito”, contou ainda.


A briga começou quando os Versace divulgaram uma primeira nota criticando a série, que retratará o assassinato de Gianni Versace na sua segunda temporada, como “pura ficção” – ao que Murphy respondeu citando o livro no qual se baseou.

Gianni (Edgar Ramirez) foi morto em 1997 pelo serial killer Andrew Cunanan (Darren Criss). Ricky Martin interpretará o modelo Antonio D’Amico, parceiro de longa data de Gianni.

A segunda temporada da antologia da FX vai ao ar a partir de 17 de janeiro de 2018.

Donatella pediu para sua filha ser retirada da série