Eis uma história bizarra: os desenhos animados da Peppa Pig não podem mais ser exibidos na China porque o partido governante considera a personagem “um ícone subversivo”.

Primariamente distribuídos através do aplicativo Douyin, popular no país, os episódios de Peppa Pig foram retirados da plataforma, segundo o jornal Global Times, que é controlado pelo governo.

China lança programa governamental que copia episódio de Black Mirror

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Segundo a publicação, o desenho da Peppa Pig foi adotado como ícone por “um grupo contracultural de jovens que se denomina Society People [ou Pessoas da Sociedade, em tradução livre]”.

O grupo é composto por jovens de renda baixa que buscam criar uma forma de vida diversa daquela promovida pelo governo, e rotineiramente incorporam ícones globalizados como parte de sua cultura.

O Global Times caracteriza os desenhos da Peppa Pig como “uma demonstração do valor de procurar sempre por novidades e brincadeiras, algo que vai contra a moral social positiva que tentamos cultivar”.

LEAVE A REPLY