Quando falamos de séries de televisão, alguns salários de atores chegam a ser verdadeiramente astronômicos – como é o caso do elenco de The Big Bang Theory. Falando mais especificamente de Game of Thrones, no entanto, esse não parece ser o caso.

Richard Madden, que interpretou Robb Stark nas primeiras temporadas da série da HBO, revelou em entrevista com o Sunday Times, que não ligava muito para quanto receberia na série e que tampouco se importa com o salário das outras pessoas que trabalham com ele.

Ao ser perguntado se ele e sua colega de trabalho em Bodyguard, nova série da BBC, Keeley Hawes, recebiam o mesmo, Madden respondeu: “Não faço ideia. Imagino que ela tenha ganhado mais”.


“Eu não me importo com quanto as outras pessoas recebem e sim com o que custa para eu calar a boca e ir fazer meu trabalho”, complementou.

Game of Thrones | Finn Jones, o Punho de Ferro, revela teoria para o fim da série

Madden, no entanto, revelou suas preocupações sobre a diferença salarial entre homens e mulheres.

“A questão da igualdade entre homens e mulheres precisa ser resolvida”.

“Eu sei sobre isso através de amigos. Mas há um limite do que posso fazer. Agentes e advogados, eles fazem essas coisas. Eu só meio que lido com o que preciso fazer, então não olho nos olhos de produtores e os odeio quando começam a falar sobre suas casas e você está pensando, ‘que mer**, eu pego o ônibus nos fins de semana porque não tenho dinheiro para um táxi'”.

Ao ser perguntado o quão rico ele é, após ter trabalhado em Game of Thrones, o ator disse:

“Não muito. Pessoas acham que eu sou, por causa de Game of Thrones, mas quando comecei a série, eu tinha 22, dizendo qualquer mer** em meu currículo, então eu fui pago qualquer mer**”.