Lost teve seu último episódio exibido em 2010, mas, oito anos depois, os fãs continuam criando teorias sobre o final da série. Agora, durante o Dragon Con, Evangeline Lilly, que interpretou Kate no seriado, decidiu explicar o final de Lost.

“Bem, vou direto ao finale. Voto de confiança, quem gostou do final? [a sala se encheu de gritos] Quem não gostou do finale? [mesma quantidade de gritos] Mais ou menos meio a meio. Então, para aqueles que não gostaram; se vocês amaram nosso show, porque, no fim de cada semana, deixaríamos vocês com um impossível mistério. Isso forçaria vocês a se perguntarem as mais difíceis perguntas. Geralmente questões filosóficas. Algumas vezes, questões sobre Deus ou religião e realidade e o que significa ser humano”.

Lost | Desmond e Penny se reencontram em nova foto


A atriz continuou, fazendo uma breve comparação com religiões.

“Então, no final, vocês ficaram esperando, sem respirar, pensando ‘eles vão nos dar a resposta’. Bem, é isso o que as religiões fazem. Então, se você quer a resposta à grande questão da vida, vá até a igreja, vá até Deus, encontre a resposta, mas arte… arte deve, todas as vezes, levar a pergunta de volta para vocês e pede que vocês vejam o que estão vendo, escutem o que estão escutando, experimente, então olhe no espelho de sua alma e descubra o que significa para você”.

Evangeline Lilly, então, disse que não há apenas um final para Lost.

“Então, não há apenas uma interpretação para o final de Lost. Para as muitas pessoas que estão nesta sala, existem muitos finais verdadeiros para Lost. Porque é só um reflexo de quem você é, e é a pergunta definitiva sendo feita a você, não a resposta definitiva sendo entregada”, concluiu a atriz.

Lost é um dos marcos das séries modernas. A produção teve seis temporadas, exibidas entre 2004 e 2010. O seriado contou a história de um grupo de sobreviventes após uma queda de avião em uma ilha misteriosa.