CONTÉM SPOILERS

A primeira temporada de Titãs mostra Dick Grayson (Brenton Thwaites) tentando fugir do manto de primeiro Robin e filho adotivo de Bruce Wayne. O objetivo leva o protagonista a se tornar um herói bem violento.

No mais recente episódio da série, Asylum, exibido no DC Universe, Titãs mostrou um lado ainda mais sombrio do personagem. Para se livrar da organização que vem perseguindo Rachel (Teagan Croft), Dick Grayson toma uma decisão que transforma ele em um assassino em massa.


O capítulo acompanha Rachel descobrindo que a sua mãe ainda está viva e presa em um manicômio. Ao tentar resgatá-la, a heroína é presa no local e assim, os Titãs devem salvá-la. Todos acabam presos também, sendo drogados e passando por experimentos, até que conseguem se livrar da garra dos cientistas.

Titãs | Fãs encontram diferenças nos trajes de Dick Grayson e Jason Todd

No início, Dick Grayson se controla para não matar nenhum dos médicos ou assistentes do manicômio. Mas, quando percebe um vazamento de gás, pede ajuda para Kory (Anna Diop), para explodir o local. A decisão do primeiro Robin leva a um assassinato em massa.

Não se sabe se a decisão foi tomada a partir do efeito das drogas ou se Dick Grayson estava consciente sobre o que fez.

Na trama de Titãs, Robin emerge das sombras de Gotham City para liderar um novo grupo de heróis. A recém-formada turma de supercombatentes do crime une forças para lutar contra seus demônios interiores e salvar o planeta do mal. Eles logo percebem que sozinhos são incompletos, mas unidos são Titãs.

Nos Estados Unidos, a atração é disponibilizada pelo DC Universe, o serviço de streaming da editora DC. No Brasil, a Netflix vai exibir a série. A primeira temporada conta com 11 episódios.