Batwoman apareceu pela primeira ver no Arrowverso da CW no crossover Elseworlds, exibido em 2018, e agora ganhou o sinal verde para ter a sua própria série. Se depender dos produtores de Gotham, outro seriado do universo Batman, a CW precisará correr para ter o seu próprio cenário.

Durante um pequeno especial do Syfy Wire sobre a temporada final de Gotham, produtores fizeram uma pequena revelação. Eles não deixaram a CW usar o Bat-Sinal da série para a aparição da Batwoman de Ruby Rose em Elseworlds.

O motivo teria sido o fato de que o item ainda aparecerá na quinta e última temporada de Gotham, já em exibição nos EUA. Resta saber se a produção mudará de posição para a série solo da heroína.


Batwoman | Personagem de Ruby Rose vai ganhar série solo na CW

“Armada com sua paixão pela justiça social e sua mania de sempre falar o que pensa, Kate Kane (Rose), vaga pelas ruas de Gotham como Batwoman, uma lésbica assumida e altamente treinada para enfrentar os malfeitores da cidade. Mas não a chame de heroína ainda! Em uma cidade desesperada por um herói, Kate precisa batalhar seus próprios demônios antes de abraçar o chamado e se tornar um símbolo de esperança em Gotham”, afirma a sinopse de Batwoman.

David Nutter (Game of Thrones), deve dirigir o episódio piloto. Caroline Dries (The Vampire Diaries) será a showrunner e roteirista, e Greg Berlanti (O Mundo Sombrio de Sabrina) fica por conta da produção executiva.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre a estreia de Batwoman.