Desde o início de janeiro circulam especulações na imprensa britânica de que os produtores de Suits querem o retorno de Meghan Markle para temporada final. A famosa deixou a produção para casar com o Príncipe Harry. O jornal The Mirror chegou a dizer que o contrato para uma aparição seria de US$ 6 milhões.

Na quarta-feira (23), Suits estreou a oitava temporada e foi, ao mesmo tempo, renovada para o nono e último ano. Com isso, o criador Aaron Korsh respondeu se a produção realmente está negociando com a ex-atriz.

“Nesse minuto, eu não sei dizer quem são os nomes do nosso velho elenco que vão retornar e os que não vão. Eu não posso colocar essas coisas no papel, eu não tenho ideia disso que estão falando”, afirmou o chefe de Suits.


Korsh ainda negou as especulações do contrato milionário. O criador da série afirma que também não sabe de onde surgiu a informação de que o valor poderia ser repassada para uma instituição de caridade escolhida por Meghan Markle.

Suits | Drama jurídico é renovado para a 9ª e última temporada

“Eu não tenho um acordo de milhão de dólares para serem doados no nome de alguém. Mas enquanto alguns velhos nomes estão voltando, como Jessica (Gina Torres), nós estamos no começo da temporada e não formulamos muito ainda, então não temos como entrar em contato com as pessoas se não sabemos o que queremos”, explicou o criador.

A última temporada, que deve ir ao ar apenas em 2020, vai contar com apenas 10 episódios, e deve introduzir a base para um derivado focado na personagem de Gina Torres.

A oitava temporada de Suits está em exibição nos EUA. No Brasil, os sete primeiros anos estão completos no catálogo da Netflix.