A 17ª temporada de Uma Família da Pesada conta com uma versão satirizada de Donald Trump. No entanto, espectadores se incomodaram com uma cena do presidente norte-americano.

No episódio Trump Guy, cheio de piadas consideradas pesadas, a versão do político declara com todas as letras que pegou Meg, a filha de Peter Griffin, pela “b*****”.

Para Entertainment Weekly, o showrunner Rich Appel explicou a decisão. De acordo com o chefe do seriado, a ideia era indicar o que “pessoas como Trump” fazem.


“Vamos jogar um jogo. Se eu disser as palavras ‘Donald Trump’ para você, qual é a primeira coisa que você pensa? O único ponto foi usar Meg para mostrar que homens como Trump caçam pessoas vulneráveis. É claramente ofensivo, nojento e nada apropriado. Mas nós não queríamos mostrar muito isso, como não queríamos deixar completamente explícito”, explicou Appel.

Uma Família da Pesada | Donald Trump briga com Peter Griffin em novo episódio

Além disso, a produção de Uma Família da Pesada quis mandar um recado mais importante para o público.

“Esse não era o ponto do episódio, nosso ponto era de que Peter e Lois achassem difícil acreditar que Trump tocou indevidamente em Meg, mas mais do que isso, fazer as pessoas perceberem que um toque inapropriado deve ser levado a sério, e é isso que acontece no episódio”, comentou o chefe da série.

O novo episódio de Uma Família da Pesada, intitulado “Trump Guy”, mostrará Peter Griffin como um comentarista de notícias local recém-respeitado, que descobre que é bom em espalhar notícias falsas. Esta “habilidade” chamará a atenção de Donald Trump, que o levará a Washington, DC, para servir como seu novo secretário de imprensa.

A 17ª temporada de Uma Família da Pesada é exibida pela Fox.