A comédia policial Brooklyn Nine-Nine chamou atenção por conta da dublagem utilizada no canal TNT. Fãs brasileiros, como pode ser visto abaixo, identificaram gírias pró-Bolsonaro nas falas dos personagens. 

Por conta do cenário político brasileiro sensível, os fãs criticaram a decisão da emissora. O personagem Charles Boyle (Joe Lo Truglio) foi ouvido usando expressões como “melhor já ir se acostumando” e “minions”, utilizadas com frequência pelo presidente brasileiro e por seus apoiadores. 

No contexto da cena em questão, que envolve uma competição de Halloween, as palavras originais usados são “Champs” e “Tramps”. A primeira designa o vencedor do desafio e a segunda, o perdedor, ganhando a expressão que significa algo como molenga. 


Na versão dublada, “Tramp” foi trocada por “minion” e “Champs” por “melhor já ir se acostumando” (ou, “melhor Jair se acostumando”). A reclamação foi feita também por páginas da série dos EUA. 

Brooklyn Nine-Nine | 7ª temporada ganha data para gravações

“Estamos gratos pelo canal transmitir Brooklyn Nine-Nine aos fãs brasileiros, mas é muito errado que a dublagem indique que o personagem Boyle seja taxado de apoiador de Bolsonaro (ele é o presidente do Brasil – uma versão extrema de Trump), uma vez que a ideia é contrária a tudo o que a série e Boyle representam”, publicou a página Brooklyn 99 Updates. 

A polêmica logo chegou ao criador da série, Dan Goor. No Twitter, o chefe da comédia garantiu que iria buscar explicações para a questão. 

Logo após toda confusão nas redes sociais, a TNT se pronunciou. A emissora afirmou que o fato aconteceu no quarto episódio da 5ª temporada e que a dublagem seria modificada. As publicações podem ser conferidas abaixo. 

Brooklyn Nine-Nine é exibida pela TNT no Brasil e tem temporadas disponíveis na plataforma de streaming da Netflix. A série está na 6ª temporada atualmente.