Fãs estão acusando a Netflix de alterar a ordem de episódios de algumas produções baseando-se pela orientação sexual dos usuários. Uma das séries seria Love, Death & Robots, animação adulta com produção de David Fincher (Garota Exemplar) e Tim Miller (Deadpool).

Tudo começou quando um internauta chamado Lukas Thoms compartilhou a comparação da sua ordem de episódios com a de um amigo. O primeiro episódio apresentado para ele foi o de Sonnie’s Edge, que conta uma história que envolve personagens LGBTQ, e para o seu amigo, a primeira trama foi a de Beyond the Aquila Rift, uma trama “hétero, com sexo explícito”. 

A Netflix prontamente respondeu o internauta, afirmando que nunca fez isso. A plataforma de streaming explicou que está apenas testando quatro ordens diferentes de episódios. 


“Nós nunca tivemos uma série como Love, Death & Robots antes, então estamos testando algo completamente novo: apresentar em quatro ordens diferentes. A versão que é apresentada para você não tem nada a ver com gênero, etnia ou identidade sexual – informação que não temos, em primeiro lugar”, escreveu a plataforma de streaming, no Twitter. 

Love, Death & Robots | Série animada da Netflix para adultos de diretor de Deadpool e David Fincher ganha teaser frenético

A série tem uma coleção de 18 histórias que misturam os gêneros de ficção científica, fantasia, terror e comédia. A plataforma de streaming promete uma série com personagens “de produto sensitivo, soldados lobisomens e robôs selvagens”.

A Blur Studio, de Tim Miller, fica com a produção. David Fincher fica com a produção executiva da animação. Antes, o diretor trabalhou com a Netflix em séries como House of Cards e Mindhunter.

Love, Death & Robots está disponível na Netflix.