A série One Day at a Time foi oficialmente cancelada pela Netflix no mês passado e apesar da vontade dos fãs, não deve encontrar uma nova emissora que dê continuidade à série.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a Vice Presidente de Contéudo Original da Netflix, Cindy Holland falou sobre a série.

“Eu penso que One Day at a Time é uma série que gosto muito. Espero que as pessoas descubram as três temporadas que fizemos. Eu prefiro olhar pelo lado positivo, nós apoiamos por três temporadas uma série que provavelmente não teria continuidade em nenhum outro lugar. Não estou tentando ser egoísta, só estou tentando explicar como nós gostamos de arriscar e apoiar séries o quanto pudermos, mas em algum momento temos que buscar séries que conseguem atingir um público maior”, disse Holland.


Apesar das declarações da Netflix, a atriz Rita Moreno e o produtor Norman Lear divulgaram uma carta aberta defendendo o retorno da série.

“Não é um caso em que a série falhou em representar audiências minotárias e falar de problemas reais com o coração…. Nós asseguramos que nunca falhamos com o compromisso com a diversidade que a Netflix tem. Mesmo assim, por causa de números, estamos chegando ao fim. Entendemos que empresas respondem aos seus acionistas. Mas existe outros critérios para a sobrevivência de uma série que vão além dos números”, diz a declaração.”

O canal CBS até chegou a entrar em negociações com a Netflix para adquirir a série, mas a plataforma de streaming não parece ter esse interesse.

A série é baseada em Um Dia de Cada Vez, que contava a história de uma mulher recentemente divorciada que cuida dos dois filhos jovens com a ajuda da mãe. Na nova adaptação da Netflix, a família protagonista é de origem cubana, e o gênero de uma das filhas também foi trocado.

Rita Moreno, Justina Machado (Queen of the South), Isabella Gomez (Matador), Todd Grinnell (Grace and Frankie) e o estreante Marcel Ruiz formam o elenco de One Day at a Time.

As três temporadas de One Day at a Time estão na Netflix.