A promotora Linda Fairstein, responsável pelo caso dos ‘Cinco do Central Park’, se demitiu da bancada da Universidade Vassar, assim como da bancada da organização Safe Horizon após a repercussão da minissérie Olhos que Condenam, de Ava DuVernay.

“Disseram-me que a Sra. Fairstein sentiu que, após o amplo debate sobre seu papel no caso de Central Park, ela acredita que continuar como membro da bancada geraria repercussão negativa para Vassar”, escreveu a presidente da Universidade Vassar (via Variety).

A Safe Horizon confirmou à Variety que Fairstein se demitiu de sua bancada e mandou uma declaração agradecendo pelo seu trabalho, reiterando que sua “prioridade é empoderar vítimas e sobreviventes”.


A hashtag #CancelLindaFairstein (cancele Linda Fairstein em tradução livre) ganhou força no Twitter, e mais de 87 milhões de pessoas assinaram uma petição do Change.org pedindo para que as livrarias parem de vender os livros de Fairstein.

Olhos que Condenam está disponível na Netflix.