Capitão América: Guerra Civil explora as consequências de Vingadores: Era de Ultron, onde a Sokóvia foi destruída. Os eventos pressionaram a um acordo político, onde heróis deveriam ser registrados. Nem todos concordaram.

A política levantou uma rivalidade entre o Capitão América e o Homem de Ferro, que foi resolvida apenas em Vingadores: Ultimato. Apesar de levar o MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel) para frente, o Acordo de Sokóvia não é muito explorado nas telonas.

O portal Screen Rant, porém, notou que as séries da Marvel acabam absorvendo esse papel. As tramas que se passam perto de 2014 e depois mostram as consequências de Capitão América: Guerra Civil.


A crise na SHIELD, mostrada em Capitão América: O Soldado Invernal, resultou no surgimento de vários heróis que não foram identificados pela organização. Entre eles Os Defensores, a dupla Manto e Adaga e os Fugitivos.

Depois, é revelado em Agents of SHIELD que os Inuhamos, que aparecem na série, deveriam se registrar no governo. Ao mesmo tempo, a segunda temporada de Jessica Jones revela que os poderosos não registrados podem ser levados para a Raft, prisão construída pela SHIELD.

Possivelmente, o acordo deve continuar com destaque na TV. É uma amostra que o universo da Marvel é conectado, mesmo que esteja dividido em camadas quando se trata de filmes e séries.