Dois anos após seu lançamento em 2016, 13 Reasons Why foi extremamente criticada pela cena gráfica e detalhista em que mostra o suicídio da protagonista da série.

Após diversas críticas e comprovações de que a série até aumentou o índice de suicídios nos EUA, a Netflix finalmente cedeu e removeu a controversa cena, da primeira temporada, da série.

“Ouvimos de muitos jovens que 13 Reasons Why os encorajou a começar conversas sobre temas difícieis como depressão e suicídio. Enquanto nos preparamos para lançar a terceira temporada no final deste verão americano, ouvimos o debate ao redor da série. Seguindo conselho de especialistas médicos, incluindo a Dra. Christine Moutier, chefe médica na American Foundation for Suicide Prevention, decidimos com o criador Brian Yorkey e os produtores para editar a cena em que Hannah tira sua própria vida na primeira temporada”, anunciou a Netflix.


De acordo com o The Hollywood Reporter, a nova versão da cena mostrará Hannah se olhando no espelho, e então cortará para a reação de seus pais ao encontrá-la, já sem vida.

Por anos, a série foi criticada pela cena, que traria um “tutorial de como se suicidar”.

No momento, a série 13 Reasons Why está em gravações da terceira temporada. A Netflix ainda não divulgou detalhes da trama.

O elenco conta com os retornos de Dylan Minette, Brandon Flynn, Alisha Boe, Justin Prentice, Christian Navarro, Anne Winters, Miles Heizer, Devin Druid e Ross Butler. Katherine Langford não retorna.

A terceira temporada de 13 Reasons Why estreia na Netflix em 2019.