O IndieWire trouxe um relatório controverso sobre os bastidores da segunda temporada de Big Little Lies nesta sexta-feira (12).

De acordo com o portal, os bastidores da aclamada série da HBO foram um tanto conturbados, com a diretora Andrea Arnold perdendo o controle criativo da produção na reta final.

Arnold entrou para substituir Jean-Marc Vallée, diretor da primeira temporada e que inclusive recomendou a contratação da diretora de Docinho da América. Arnold rodou todos os episódios, mas toda a pós-produção foi assumida por Vallée, que inclusive trouxe sua própria equipe de montadores para reformular a série mais ao estilo da primeira temporada. O retorno de Vallée, que estava ocupado com a direção de Sharp Objects, foi requisitada pelo showrunner David E. Kelley.


Isso foi decepcionante para Arnold, que teve carta branca para fazer o que quisesse, estilisticamente, em seu comando da série. A presença de Vallée foi tão forte que a HBO inclusive requisitou 17 dias de refilmagens para que a série pudesse “entrar nos eixos”. E por mais que Arnold estivesse no set para essas refilmagens, Vallée assumiu a direção indiretamente.

“Não haveria uma segunda temporada de Big Little Lies sem Andrea Arnold. Nós na HBO e os produtores estão extremamente orgulhosos de seu trabalho. Assim como em qualquer projeto de televisão, os produtores executivos trabalham colaborativamente na série, e acreditamos que o produto final fala por si só”, disse a HBO em anúncio oficial.

Na 2ª temporada de Big Little Lies, Meryl Streep vive Mary Louise Wright, a mãe de Perry Wright (Alexander Skarsgard), que chega a cidade de Monterrey para buscar respostas sobre o assassinato do filho.

Além de Meryl Streep, o elenco da segunda temporada de Big Little Lies, conta com grandes nomes do entretenimento como Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Laura Dern, Zoe Kravitz e Shailene Woodley.

A segunda temporada de Big Little Lies está em exibição na HBO.