Sherlock, uma das séries mais populares da BBC, lançou sua quarta temporada há mais de 2 anos e meio. Embora não tenha sido cancelada oficialmente, segundo Martin Freeman, fãs não devem esperar uma nova leva de episódios.

O intérprete de Watson conversou com o site Collider, e afirmou que planos para uma quinta temporada de Sherlock acabam ficando em segundo plano devido a outros projetos do elenco e equipe.

“São poucas e esparsas as discussões sobre Sherlock. Isso porque Mark Gattis, Steven Moffat, os roteiristas, Benedict Cumberbatch e eu estamos com a sorte de trabalhar em projetos que gostamos e estamos interessados. Além disso, nós sabemos o que Sherlock é. De cavalo dado você não olhas os dentes, porque isso não acontece com tanta frequência. A série se tornou um hit maior do que todos nós imaginávamos”, afirmou o ator.


As possibilidades de uma quinta temporada de Sherlock são pequenas, já que o Doutor Estranho de Benedict Cumberbatch deve ser um dos personagens mais importantes da nova fase do MCU. Além disso, Moffat e Gattis estão ocupados com uma nova série do Drácula na Netflix.

Freeman também afirmou que só retornaria para um quinto ano na série da BBC se a trama fosse realmente especial.

“Se for algo realmente especial, interessante e criativo, acho que todos estaríamos dispostos a retornar. Sherlock sempre foi um grande evento. Nós gravávamos 3 episódios em cada temporada. Eram episódios de 90 minutos, mas eram poucos e com grandes períodos de tempo entre si. Normalmente, uma série costuma ter uns 10 episódios. Nós fizemos relativamente poucos episódios, mas trabalhamos com uma quantidade enorme de material”, afirmou o ator.

As primeiras temporadas de Sherlock estão disponíveis na Netflix.