Nesta semana, a Bad Robot de J.J. Abrams fechou um acordo de exclusividade e produção de conteúdos com o grupo da Warner Media, fechando o cineasta para projetos no cinema, TV e o streaming do HBO Max. Mas não foi a única, nem a maior oferta.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a Apple ofereceu US$500 milhões para garantir Abrams. Mesmo com a Warner oferecendo metade disso (US$250 milhões), o diretor acabou aceitando a oferta, e por um motivo simples.

O site afirma que Abrams preferiu a Warner pelo vasto conteúdo de seu catálogo, que traz mais obras para serem adaptadas (os fãs ainda sonham com o envolvimento de J.J. Abrams na DC). Como a Apple está começando agora seu catálogo de conteúdo, é um trabalho para literalmente se começar do zero.


A Bad Robot também preferiu a Warner pela distribuição e exibição em cinemas, algo que a Apple ainda não tem como garantia. Ainda assim, Abrams tem três séries em desenvolvimento no Apple TV+, mas que foram desenvolvidas antes do novo acordo milionário com a Warner.

Ainda este ano, J.J. Abrams lança Star Wars: A Ascensão Skywalker, que chega aos cinemas em 19 de dezembro.