A notícia de que a Jane Foster de Natalie Portman voltaria para o MCU para assumir o manto de Thor em Love and Thunder foi uma grande surpresa. Até porque essa ideia iria aparecer em outra produção da Marvel.

Em entrevista para o Discussing Film, a showrunner Ashley Bradley, da antologia What If…?, revelou que essa ideia de Jane assumindo o Mjolnir seria um dos episódios antes de ser escolhida por Taika Waititi para o quarto filme de Thor.

“Nas primeiras semanas lá, eu vendi a ideia de fazer a Poderosa Thor, com Jane Foster. Acredito que a Jane segurando o martelo veio pela primeira vez em um quadrinho de What If. Me falaram que isso nunca aconteceria. Eu fiquei com raiva e pensei, ‘Por que? Eles não querem ver uma mulher segurando o martelo?’ Me falaram com educação que não iria acontecer, e eu fiquei indignada. ‘Vamos fazer isso no cinema. Não dá pra fazer na série. ‘Eu fiquei, sério?’ E eles responderam com, ‘Por favor não conte a ninguém. Estamos com você, é uma ideia incrível. Taika Waititi quer escrever.’ E à essa altura você pensa, ‘Então Taika Waititi pode escrever!'”, diz Bradley.


A produção será comandada por Ashley Bradley (Caçadores de Trolls) e o roteiro será produzido por Bryan Andrews (Vingadores: Ultimato).

What If…? vai reimaginar os eventos de cada um dos 23 filmes do MCU, o que significa que a animação terá um episódio para cada longa. Já foi divulgado que um deles contará a história de Peggy Carter tomando o soro do supersoldado e se transformando na versão feminina do Capitão América.

Quase todo o elenco do Universo Cinematográfico da Marvel retorna para a série de animação, que imagina possibilidades diferentes nos filmes do estúdio.

What If…? chega ao Disney+ em 2021, mesmo ano em que Jane Foster assume o martelo do Deus do Trovão em Thor: Love and Thunder, que estreia em 5 de novembro.