Vikings está se preparando para sua temporada final – e aqui explicamos o porquê de terminar após sua sexta temporada.

Criada por Michael Hirst, Vikings estreou no History Channel em 2013 e, apesar de originalmente ter sido planejada para ser uma minissérie, foi rapidamente renovada para uma segunda temporada. Vikings é inspirada nos contos do lendário Viking Ragnar Lothbrok, que se diz descendente de Odin.

Como tal, Vikings inicialmente acompanhou as aventuras e invasões de Ragnar (Travis Fimmel) ao lado de seus irmãos vikings, como o construtor de navios Floki (Gustaf Skarsgård) e seu irmão Rollo (Clive Standen).


As temporadas seguintes se concentraram mais em seus filhos e em suas próprias viagens, mas Ragnar ainda era uma grande presença e o principal gancho da série até sua morte na quarta temporada. Vikings agora está chegando ao fim na sexta temporada, mas qual é o motivo por trás disso?

Resultado de imagem para vikings

A história que havia para ser contada

A temporada final de Vikings foi anunciada em janeiro de 2019, com Hirst compartilhando mais tarde com a Variety que ele sempre soube para onde queria que o programa fosse e onde terminaria, e a sexta temporada é a hora certa.

Hirst insistiu que ele não tinha motivos para continuar a série além da sexta temporada, pois contou a história que queria, mas existem outros fatores que poderiam ter contribuído para que Vikings chegasse ao fim.

Resultado de imagem para vikings ragnar

Outros fatores

Como em qualquer outra série de TV, a audiência é fundamental para decidir o destino, e os números de Vikings diminuíram muito desde a morte de Ragnar. Muitos espectadores sentiram que a série nunca se recuperou disso, e mesmo que tenha tentado fazer de seus filhos os novos protagonistas, é como se isto não fosse interessante o suficiente.

Outros apontam a falta de material de história como uma razão para acabar com Vikings após a sexta temporada. Os escritores obviamente tiveram que preencher algumas lacunas com a ficção, pois não existem muitos registros históricos sobre Ragnar e seus filhos. Ainda assim, a sexta temporada de Vikings terá 20 episódios, o que é mais do que suficiente para encerrar os personagens restantes e suas histórias.

Se detalhes como a audiência e o material de origem influenciaram ou não a decisão de Hirst, é algo que ele apenas sabe (e não é obrigado a compartilhar), mas como ele sempre teve uma ideia de quando Vikings terminaria, os fãs podem esperar uma temporada final bem trabalhada.

Não há necessidade de apressar suas histórias. Porém, esteja avisado: ele indicou que haverá lágrimas. Muitas lágrimas no fim de Vikings.