A base de fãs da série Rick and Morty é conhecida por ser arrogante e tóxica. Nada melhor para a produção do que zoar os próprios fãs na estreia da 4ª temporada.

No primeiro episódio da 4ª temporada, Rick é enviado para uma realidade fascista, que infelizmente se tornou o “padrão” do multiverso.

Depois, uma versão fascista de Morty toma Rick como refém e insiste que ele deixe de emitir opiniões políticas. O “Morty do Mal” insiste que Rick deve focar apenas nas aventuras “divertidas e clássicas” pelas quais ficou conhecido.


Parece familiar?

Quando a temporada mais recente da série foi lançada em 2017, uma pequena (mas irritante) parte dos fãs da série deu um show de misoginia e intolerância nas redes sociais.

Para eles, as novas roteiristas da série “estragaram” a terceira temporada simplesmente por serem mulheres.

A 4ª temporada de Rick e Morty já estreou.