ALERTA DE SPOILERS

O segundo capítulo de Crise nas Infinitas Terras refutou a teoria dos fãs de que Kevin Conroy estaria interpretando a versão do Batman de Reino do Amanhã.

Em vez disso, Conroy retratou uma versão decididamente diferente – e sombria – do Cavaleiro das Trevas de um futuro alternativo diferente.


A teoria partiu principalmente do fato de que Brandon Routh estava interpretando o Superman inspirado na HQ, e em parte devido a fotos mostrando Conroy usando um exoesqueleto protetor semelhante ao usado por Bruce Wayne na história.

Em vez disso, os principais detalhes revelados no episódio – incluindo parte do exoesqueleto de Bruce – confirmam que Conroy estava interpretando Bruce Wayne da série de quadrinhos O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller, onde o Batman lutou contra o Supeman, não ao lado dele, e tinha perdido parte de sua sanidade.

Batwoman e Supergirl vão para a Terra-99 atrás do modelo da Coragem, um dos 7 Paragons necessários para que o Monitor possa salvar o multiverso.

No entanto, o que elas encontram é um Batman perturbado e sem esperança que, confrontado por Kara por ter matado o Superman daquela realidade, também tenta assassinar a kryptoniana.

Batwoman enfrenta-o para salvar sua amiga, consegue acertá-lo com o chute no peito e, ao bater com as costas em uma parede, o exoesqueleto mata Bruce eletrificado.

O Monitor, então, revela que, na verdade, Kate era o modelo da Coragem, e precisava deste desafio para descobrir sua verdadeira face.

Crise nas Infinitas Terras é dividido em 5 partes: as três primeiras em 2019 – Supergirl e Batwoman, já exibidos em 8 e 9/12, e The Flash em 10/12, enquanto os dois episódios finais só vão ao ar em 14 de janeiro de 2020, com Arrow e Legends of Tomorrow.