ALERTA DE SPOILERS

A série de Watchmen virou o universo inspirado em quadrinhos do programa de cabeça para baixo nas últimas duas semanas, com algumas revelações importantes.

Primeiro, o episódio “This Ser Extraordinary” revelou que Justiça Encapuzada não é outro senão Will Reeves, um homem negro que também é o avô de Angela Abar / Irmã Noite.

Então, no último domingo, em “An Almost Religious Awe,”, é revelado que o Doutor Manhattan não está em Marte. Ele vive em Tulsa há dez anos, fingindo ser humano como Cal Abar, o marido de Angela.


Ambas as revelações abalaram o que os fãs pensavam que sabiam sobre o mundo do programa, mas o site do universo da, Peteypedia, adicionou uma nova camada às coisas. O Batman existe – e ele é negro.

Na última entrada Peteypedia, o agente Dale Petey compartilha um memorando no qual ele examina a infância de Angela e analisa a inspiração que ela usou para sua personagem da polícia mascarada.

Essa inspiração é um filme chamado Irmã Noite, sobre uma “freira com uma arma de merda”. O filme tem um significado para Angela, pois ela queria desesperadamente assistir, mas seus pais não lhe disseram nada antes de morrerem.

Segundo o memorando do agente Petey, Irmã Noite é em si uma paródia da silhueta dos Minutemen e parte de um gênero de filmes chamados Black Mask, que se inspira em heróis reais.

O memorando observa que há um Superman Negro, paródia do Doutor Manhattan, e também uma paródia do Coruja, o Batman Negro.

Watchmen está exibindo sua 1ª temporada na HBO.