O crescente Universo Expandido de Stranger Things revelou uma série de sujeitos de teste superpoderosos, variando de Três a Nove – e, agora, eles podem passar da história de fundo do programa da Netflix para o primeiro plano narrativo da quarta temporada. A minissérie de quadrinhos Into the Fire, que tira todos os vários personagens da década de 1970 e os coloca no início de 85, começa apenas alguns meses antes de Stranger Things 3 acontecer.

Ao acompanhar todos os garotos do Laboratório Nacional Hawkins até os dias atuais da história da série de televisão, é apenas o próximo passo lógico para eles fazerem sua estreia na telinha de Stranger Things 4.

Esse tipo de transição entre mídias já tem algum precedente. Dois romances foram lançados antes da terceira temporada de Stranger Things chegar ao serviço de streaming em julho de 2019, e destacaram dois personagens que tiveram um clímax importante no final da terceira temporada: o chefe de polícia Jim Hopper, que pensam estar morto, e Max Mayfield, cujo meio-irmão antagônico, Billy, demonstra que ele ainda tem um pouco de decência e auto-sacrifício dentro dele.


Embora seja tecnicamente verdade que os livros Darkness on the Edge of Town e Runaway Max apresentam protagonistas que foram originalmente apresentados no programa, a exploração de suas histórias de fundo e vidas emocionais internas tornou seus papeis na terceira temporada de Stranger Things ainda melhores – provando que tipo de estratégia multimídia já está em jogo.

Como, exatamente, isso funcionaria na quarta temporada de Stranger Things? A série em si já tem um crescente acúmulo de histórias que precisarão de algum tipo de resolução ou revisão antes que o programa termine, seja depois de quatro anos ou cinco – o Dr. Martin Brenner e Jim Hopper ainda estão vivos, Eleven perdendo os poderes, o Devorador de Mentes ainda permanece ativo, e o sujeito de teste Oito ainda está em liberdade com sua equipe de Chicago.

Escolher uma história do Universo Expandido seria apenas mais uma flecha na narrativa, e Kali Prasad provaria ser o elo natural; com os números Três e Nove-Ponto-Cinco já escapando com segurança do Projeto Indigo de Brennan antes de Stranger Things começar, eles caçam Oito em Into the Fire, encontrando-a continuando sua série de assassinatos três meses antes que a terceira temporada aconteça. Ela, por sua vez, revela que Nove, que supostamente havia morrido nos últimos sete anos, ainda está viva, e os três ex-irmãos de Hawkins partiram para salvá-la.

Mais sujeitos de teste

O fato de Kali ter feito contato com Ricky e Marcy – e também com Jamie – é extremamente importante, pois eles podem ser assimilados ao seu grupo de Chicago e, assim, chegar às telas quando Eleven, Mike Wheeler e o resto do grupo finalmente alcançam todos eles. Agora que a União Soviética se revelou um outro participante importante na trama para potencializar armamentos do Mundo Invertido e seus vários habitantes letais – e agora que há o potencial de Brenner estar colaborando com eles -, pode muito bem levar todos os sujeitos de teste e suas várias habilidades sobrenaturais para enfrentar a ameaça da Guerra Fria, derrotando o Devorador de Mentes de uma vez por todas e, apenas talvez, recuperando os poderes de Eleven no processo.

A montagem de uma equipe para uma tarefa tão assustadora se encaixaria na mitologia da franquia, para começar; já não apenas os vários episódios, romances e histórias em quadrinhos estão centrados em um enredo como esse, mas caberia à vibe dos X-Men que pode estar se estabelecendo em Stranger Things 4.

E apenas um desenvolvimento também, por sua vez, abriria o caminho para a peça final da história de fundo de Stranger Things: quem era o sujeito do teste Um? Dessa forma, o Universo Expandido pode continuar a florescer mesmo depois que a Netflix terminar sua série popular.

Stranger Things deve retornar com novos episódios em 2021.